terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Receita de "Colchão de Noiva" (com recheio de atum)

Andei pela net a ver receitas de "Colchão de Noiva"
para comparar receitas com a que tenho há mais de 50 anos,
no meu 1º. livro de receitas.
Vi bolos!
Só bolos!
Imensos bolos!
Bolos cobertos e recheados, lindos, de diversas formas,
uns redondos, outros enrolados de massa muito fininha,
 outros em forma de colchão... como é lógico!
A mim foi-me dada a receita só da massa,
 que fica tão fofa...
daí o nome que também lhe atribuíram na época:
"colchão"!
A "noiva" veio depois e ter-se-á enrolado nele!...
Só pode!!!...
Na minha versão a massa em si não é doce nem salgada.
Não leva açúcar e de sal leva apenas aquela pitada
que nunca menciono
mas que junto a todas as claras que quero em castelo.
Faz-se o colchão e enrola-se como qualquer outra torta.
O recheio é que poderá ser doce ou salgado.
Neste caso foi de atum e pescada cozida
e ficou assim:
Vamos então à receita de hoje:

Colchão de Noiva
Ingredientes:
2 chávenas de leite
1 chávena de farinha de trigo
6 ovos
Preparação:
Batem-se as claras em castelo firme e reservam-se.
Numa tigela junta-se a farinha com o leite
e mexe-se muito bem com uma vara de arame.
Esta operação pode-se fazer alternando os 2 ingredientes
para que não apareçam grumos.
Depois juntam-se as gemas e mistura-se tudo muito bem.
Por fim incorporam-se as claras em castelo,
envolvendo-as suavemente na massa pouco espessa.
Vai ao forno em tabuleiro largo (o meu mede 40cmx25cm),
forrado com papel vegetal devidamente untado com manteiga,
durante 15 a 20 minutos, a 180º,  até ficar assim:
Tem-se um pano húmido onde se vira a massa ainda quente,
retira-se cuidadosamente o papel vegetal, 
barra-se com o recheio (doce ou salgado) e enrola-se
com a ajuda do pano. 
Ainda morno, coloca-se o rolo numa travessa...
... e aparam-se as extremidades.
Esta é a parte de que eu mais gosto:
logo ali eu como uma e o meu marido come a outra!
Colchão de Noiva: aprovado por unanimidade!!!
Este que aqui mostro foi recheado com um creme de
atum enlatado e 1 posta de pescada cozida, 
acompanhado com uma boa salada.
Deu para 6 doses... 
e umas dentadinhas roubadas ao longo do dia!...
Se alguém quiser a receita deste meu recheio
poderei mostrá-la noutra publicação.
Também aceito sugestões dos vossos recheios.

Quando faço este rolo lembro-me sempre da minha sogra, que gostava imenso deste com atum. Fi-lo na aldeia e fez sucesso, porque era uma comida diferente, saborosa e muito fácil de mastigar! 
Experimentem e digam-me se gostaram.
UM ABRAÇO

34 comentários:

  1. Oi querida, como vai? Adorei a receita e vou substituir o bolo de sabado por esta receita, por isso vou pensar em um recheio doce, se eu realmente o fizer mostro te conto...bjucas

    ResponderEliminar
  2. Massa boa, essa é para esquecer a noiva, e comer o colchão. =)

    ResponderEliminar
  3. Hum... muito bom heim Terezinha? Deu água na boca!
    Beijos!!
    Mariangela

    ResponderEliminar
  4. Aprovadíssimo Teresinha! Que aspeto tentador!
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Só fiz uma vez torta salgada e adorei o resultado. Depois nunca mais fiz mas esta massa parece tão fofa que estou tentada a voltar a fazer :)
    Gulosoqb

    ResponderEliminar
  6. Que receita ótima, Terezinha. Pensei que levasse mais ingredientes!! e como se batem as claras em neve que são incorporadas lentamente após a mistura de leite e farinha, imagino que a massa fique bem leve após cozida.
    Agradeço por compartilhar a receita.

    Boa semana
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Pensava que era colchão de noiva,
    para a noiva em cima dele se deitar
    afinal é para a noiva adoçar a boca
    na noite do dia em que ela se casar!

    Tenha uma boa noite amiga Teresinha, um abraço,
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  8. Adoro cozinhar, alias a cozinha faz o meu santuario por venerar o fogao e a escrita. Fumo, infelizmente e por tal a janela aberta.
    Que bem que me anuncio no comentario...
    Vou tentar a receita, minha amiga, mas a massa nao lido bem.
    A ver vamos e aquele beijinho fraterno.

    ResponderEliminar
  9. Olá Teresinha
    Deu água na boca esse colchão de noiva e com recheio de atum... magnífico!
    um beijo minha amiga

    ResponderEliminar
  10. Olá,Teresinha!
    Adorei a receita que me parece excelente para incrementar sobras. Também achei piada ao nome.
    Penso que existe uma receita semelhante no Pantagruel, com recheio de ameijoas.
    Tem uma boa noite.
    Por aqui está imenso frio e justifica-se a lareira.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Hummmmmmmmmmmmmmmmmm...desconhecia totalmente.
    O aspecto é divinal.
    Estou a imaginar um colchão docinho...deve ser maravilhoso (sou gulosa)!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  12. Olá Teresinha, que belo colchão! E que saboroso deve ser. Adorei a receita, muito obrigada pela deliciosa partilha. Não tenho recebido as novidades deste cantinho, mas estou feliz por revê-lo de novo. :)
    Aproveito para dar-lhe os parabéns pelo lindo xaile e pela elegante modelo que o traz: linda como a mãe!
    Beijinho grande e uma noite feliz!

    ResponderEliminar
  13. Boa noite Teresinha, que colchão;)) fofinho e delicioso.
    Esse salgado devo gostar!
    Prefiro aos doces.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
  14. Querida Teresinha, com esse Colchão assim tão gostoso, essa Noiva vai ter de dormir no sofá...
    Tenha um bom fim de semana!
    Abs.
    Teresa

    ResponderEliminar
  15. Teresinha, vi agora seu comentário lá no blog.
    Sim,. nos nos perdemos de vistas. Mas podemos recomeçar a a amizade.
    Olha, eu só visito e comento em quem frequenta meu blog.
    Seguidora, tem muitas que nunca nem fizeram comentários.
    Mas, vamos nos visitar sempre?

    Sim estive em Portugal e ainda não esqueci as coisas lindas que vi na sua terra.
    Tem muito mais coisa para serem vistas e não deu tempo de vir.
    Hoje, postei sobre a Praia da Fuseta.
    Comprei e trouxe daí latas de atum, de sardinha e de bacalhau.
    Quem sabe faço um prato assim como que que vc ensina

    ResponderEliminar
  16. Olá

    Nunca tinha ouvido falar nesta receita, mas parece muito apetitosa.

    ResponderEliminar
  17. Dear Teresinha,
    now I have a big appetite for tuna!
    Hugs from Austria,
    Traude

    ResponderEliminar
  18. Cara amiga, nesse colchão eu espetava os meus dentinhos, deve ser delicioso, sempre inovadora,
    beijo Teresinha e boa semana

    ResponderEliminar
  19. Amiga...conhecia o nome pois em solteira também tinha a receita!
    Agora levo_a para experimentar!
    Bj amigo e ver se o tempo melhor para pormos a conversa em dia

    ResponderEliminar
  20. Obrigada pelo comentário, Teresinha.
    Tem uma feliz semana.
    Beijinhos da Nina

    ResponderEliminar
  21. Ai o que me foi lembrar, quando casei fazia o colchão mas com receio de fiambre e choriço com molho branco, vou exprimentar voltar a fazer que saudades já faz 41 anos que não faço isso.
    beijinhos boa semana
    Aldora

    ResponderEliminar
  22. É esta a receita que já ando há anos à procura! Eu também fiz uma pesquisa na internet há algum tempinho atrás, mas não achei nada de jeito.
    E é mesmo esta receita :)
    Eu adoro isto, traz-me memórias deliciosas de infância, quando a minha madrinha o fazia e acompanhava com uma salada. Ela fazia com um recheio parecido com este de atum. Ai Teresinha, tem que partilhar a receita do recheio também, para ver se faço o prato completo e mato as saudades desta delícia!
    Obrigada pela partiha :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  23. Teresinha fiz seu "colchão" ontem com recheio de camarão e adorámos!
    Amanhã vou experimentar com sobras de frango que assei no forno!
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  24. Olá Teresinha!
    Queria muito dar-lhe as boas vindas por ter chegado ao meu Birras, mas tenho andado adoentada, e como tal um tanto ou quanto desmotivada. E não há forma de "arrebitar" o que até é natural - o raio da idade é um pôsto...

    Eu já há tempo que visito os seus blogs, ambos têm muito interesse para mim.
    Há já me estava a esquecer, pois está certo vamos deixar "ao diabo o você - e tratar-mo-nos por tu."
    Obrigada pelas palavras simpáticas alusivas ás nossas Bodas de Ouro, até me parece mentira que tenham passado 50 anos...
    Acerca dos noivinhos de loiça que decoravam o bolo, e que nessa altura era moda, eu quando cortei o bolo fiquei logo com eles, e nunca mais me deixaram, continuam comigo. Sou conservadora, em todos os aspectos.
    Pois agradeço a tua simpatia, e quero a tua amizade, valeu? Nós até vivemos perto...
    Beijinhos.
    Dilita

    ResponderEliminar
  25. Teresinha, como faz já algum tempo que não lhe visito, passo para desejar um bom feriado, com muita paz.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  26. Querida Reresinha :)
    Adorei seu colchão de noiva, é pois, uma sugestão interessante. Aqui, já deveriam ter feito as bodas de diamante... Gostei muito.
    Beijinho amiga

    ResponderEliminar
  27. Oh Teresinha tenho muita pena do que está acontecendo. Ninguém gosta e por outro lado nada podes fazer a não ser apoiar os teus o mais possível.
    Por outro lado fico contente que tenhas ficado com a casa de família que tanto significado tinha para ti. Eu própria tenho muita pena de não ter casa em Porto Santo, mas foi uma opção. O meu email é gmpestana@gmail.com Se quiseres "falar" estás à vontade. Até lá beijinhos.

    ResponderEliminar
  28. Teresinha, saltou-me aos olhos o comentário da Montana e assim constatei o que te atormenta. Tenho muita, muita pena! Não há nada que possas fazer, nada depende de ti. Procura apoiar-te na restante família e dá tempo ao tempo. Entretanto, bem sei, essa amargura é tua.
    Não é que sirva de consolo, mas, olhando em volta ...
    Desejo-te rápidas melhoras dessa irritante gripe.
    Um grande abraço da Nina

    ResponderEliminar
  29. Olá Teresinha, boa noite!
    Que bela receita, deve ser uma delícia. Muito obrigada pela maravilhosa partilha!
    Ah, aproveito para dizer-lhe que adorei o xaile do post anterior e que a sua filhota é um encanto, uma simpatia. Assim a imagino, depois de a ver na foto. Muitos parabéns às duas! Beijinhos!

    ResponderEliminar
  30. Este colchão de noiva encantou-me, Teresinha! Simples e tão delicado. Obrigada pela partilha da receita e pelo texto bem disposto. Mil beijinhos!
    Vanda

    ResponderEliminar
  31. Querida Teresinha, nesta hora difícil, confia em Deus, sabendo que tudo o que Ele dispõe é sempre para o nosso bem, mesmo que de início não pareça ser assim.
    Recebe o meu mais fraternal abraço, com o maior carinho.
    Teresa

    ResponderEliminar
  32. Espero que esteja melhor amiga!
    Por aqui...a chuva não larga a aldeia!
    Na página de hoje há notícias:

    A Dora está realizando um sorteio aqui:

    http://osmeusartigosdetricot.blogspot.pt/2016/02/
    sorteio-de-la-participem.html

    Eu quero nomear os seguintes blogs:

    http://dasmaosdateresinha.blogspot.pt/
    http://mira-artes.blogspot.pt/
    http://oblogdoilheu.blogspot.pt/

    EU já PARTICIPEI...participa TU também!!!

    Bj amigo

    ResponderEliminar
  33. Tenho tanta pena da Joana ser esquisita com a comida, mas fazer estas coisas só para mim é muito....

    ResponderEliminar

Gosto muito de ler os comentários, por isso, se gostou do que viu, pode deixar a sua opinião!
Tenha um dia feliz... com muita saúde!