sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Meias de tricô com começo na biqueira: com passo a passo em fotos

Já tricotei umas boas dezenas de meias, 
mas estas são as primeiras que faço começando pela biqueira.
Andei pela net, encontrei vários modelos
e acabei por me adaptar a este que hoje mostro.
Digo adaptar porque as agulhas fugiam-me logo no início,
desenfiando tudo o que já estava feito!
Acabei por ir buscar a agulha de croché e consegui!
Acredito que não fui a única a descobrir a pólvora!😁
Mas partilho convosco, na mesma, a minha descoberta!
Acabou por ser o modelo que eu achei mais simples
e que resulta muito bem. 
Está tudo explicadinho nas fotos que se seguem,
mas já sabem que vou estar disponível aqui deste lado
para esclarecer dúvidas.












Numa outra publicação mostrarei o resto da meia.
Entretanto toca a copiar, 
que o frio vem aí forte prá semana!
Espero ter sido útil e que tenham gostado.
Aguardo a vossa opinião. 
UM ABRAÇO

7 comentários:

  1. Wow, Teresinha! Sempre a surpreender, amiga! Nunca me tinha lembrado de usar a agulha de croché. Estão a ficar lindas!!!
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  2. Que giro, Teresinha, eu começo as minhas meias pela biqueira mais ou menos assim. Está perfeita, a explicação. Muito obrigada, generosa amiga!
    Beijinho, bom fim de semana, querida!

    ResponderEliminar
  3. OLÁ TERESINHA
    BONITOS TRABALHOS, EU TAMBÉM JÁ FIZ COISAS LINDAS QUANDO OS FILHOS ERAM NOVOS, MAS,ATUALMENTE JÁ NÃO TENHO PACHORRA, BEIJINHOS

    ResponderEliminar
  4. Isto não é apenas arte, é verdadeira alquimia.
    Teresinha, não me diga que também faz coturnos, tinha um cliente com dois pés...
    Beijinhos, amiga!

    ResponderEliminar
  5. Teresinha, prometi a mim mesma que este ano aprenderia a trricotar meias. Falta-me a vontade. O resto são desculpas.
    Bom fim de semana. Beijo

    ResponderEliminar
  6. Tia Teresinha sempre a ensinar e a mostrar os seus lindos trabalhos, sou fã assumida da primeira blogger de tricot que conheci na net quando eu ainda era uma "miúda" com apenas uma criança pequena que nem sabia chamar-me mãe :-)
    Bjs querida Teresinha

    ResponderEliminar

Gosto muito de ler os comentários, por isso, se gostou do que viu, pode deixar a sua opinião!
Tenha um dia feliz... com muita saúde!