quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Casaco de tricô para bebé - tamanho 1 - 4 meses

Este casaco foi tricotado para a Ritinha,
uma prima-bisneta que irá nascer em janeiro.
A jovem mamã disse que podia não ser cor de rosa,
daí eu ter utilizado estas duas cores que pediam um casaquinho!
Foi assim que nasceu este, inventado, mas com pontos conhecidos.
Não gosto muito de trabalhar com várias cores
por causa das inúmeras pontinhas que tenho de arrematar,
para não as levar junto da orla, porque fica mal.
 Foi este o caso, mas abri uma exceção para a Ritinha!
No fim cobri as emendas com uns pontos de croché
e aproveitei para o debruar todo.
Se me tivesse lembrado disso antes,
teria feito as casas para os botões... mais perto da orla!...
Poderá ser vestido das duas maneiras, 
com os botões para a frente ou para trás... 
tanto faz, mas eu prefiro a segunda!
Desta revista antiga tenho copiado imensos pontos
ao longo de décadas... tricotando para 5 gerações!
Credo!... como eu estou a ficar tão velha!!!...
Vou tentar dar a melhor explicação, mas quem o tricotar
fica avisado de que dará algum trabalho e requer muita atenção.
Estas duas páginas têm o essencial.
O resto... incluindo alterações, terá de sair da vossa imaginação
e paciência.
Montei 113 malhas:
6 m em liga para a orla dos botões
5 m para a metade do motivo no início
10 m para cada motivo (fiz 9 motivos = 90 m)
6 m para a metade do motivo no final
6 m em liga para a orla das casas
Agora é tricotar como mostro nas fotos, mudando de cor pelo avesso,
que é todo tricotado em liga.
Nas fotos mostro os pontos utilizados.
Aqui realço o motivo.
Nesta fase separamos o número de malhas a utilizar 
nas frentes e nas costas...
... e iremos tricotar as 3 separadamente, 
deixando-as suspensas em alfinetes.
A seguir iremos tricotar as mangas com 24 m, 
aumentando 17 m na última carreira, para ficar com as 41 m..
A seguir mostro uma manga com a explicação detalhada.
Depois de tricotada a 2ª. manga iremos colocá-las no devido lugar:
aqui mostro uma na posição certa e a outra como fica se a virarmos.
Se não fossem feitas estas aberturas no corpo do casaco,
seria impossível colocar as mangas na agulha circular.
Em todos os modelos começados por baixo teremos de fazer isto,
mesmo que utilizemos outros pontos e outros motivos.
O casaco começa a ganhar forma! 
A 1ª. carreira de liga (em verde) tem 195 malhas.
Vamos tricotar fazendo mates em algumas carreiras,
ficando com
183 malhas na 2ª. carreira de liga,
163 na 4ª.,
116 na 5ª., 
102 na 6ª,
etc...
até ficar com 56 malhas no pescoço, arrematando de seguida.
Eu fui fazendo os mates à toa... alguns ficaram juntos!...
Com mais atenção e... paciência, eu teria posicionado melhor os aumentos!
Mesmo assim o casaco da Ritinha ficou bonitinho, não acham?
Vai aqui em pormenor com as cores mais próximas das reais.
Fui fotografando umas vezes de noite, outras de dia,
umas vezes com flash, outras com o telemóvel... enfim,
não há dúvida de que estou a necessitar de...
ser melhor fotógrafa!!!...  
Agora vou tricotar uma camisola para o meu irmão,
mas vai ser na máquina manual SINGER SOLO.
Também dá trabalho... mas tricoto mais depressa.
E se em vez do braço esquerdo, tivesse fraturado o direito,
que levou uma placa de 7 cm e 6 parafusos...
nunca mais poderia tricotar na máquina!
Agora fico à espera da opinião das meninas ansiosas
 que aguardavam novas publicações de modelos de casacos!...
Mas espero ler também comentários...
mesmo de quem não estava ansiosa ou não tricota!!!
Uma palavrinha aqui faz bem ao meu ego!...
Contribuam para o meu bem-estar comentando... vá lá!!!!!!!!!!!
UM ABRAÇO

24 comentários:

  1. Teresinha, ficou lindo o casaquinho, também prefiro a segunda versão, beijos amiga

    ResponderEliminar
  2. Perfeito e fofinho!

    Uma ternura!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Amiga...o casaquinho está maravilhoso!
    Adorei as cores e o esquema de trabalho!
    Quando precisar...já sei onde buscar inspiração!
    Não me esqueci da nossa "natinha"...mas não está fácil!
    Bj saudoso

    ResponderEliminar
  4. Como sabe, amiga, ralamente leio comentarios (ou lia). Um erro, talvez por falta de tempo e agora vejo coisas perdidas no pormenor genuino da simplicidade.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  5. Oi Teresinha
    O casaquinho ficou belíssimo. Cores lindas e muito bem combinadas. Parabéns pelo belo trabalho
    Beijos

    ResponderEliminar
  6. Teresinha,

    Fizeste-o com muito bom gosto e talento. Sei o quanto é difícil, porque, sabendo que essa arte foi inventado por marinheiros para passar o tempo nas longas travessias, eu também tentei aprendê-la por duas vezes, mas saía torto, a vista turvava, e me dava nos nervos. Já minha avó paterna, uma de suas filhas, minha mãe e uma de suas irmãs em especial, a tia Luzia que faz isso muito, sempre fizeram tricô, crochê e renda, esta última foi só tia Luzia mesmo que fez, e muito, faz até hoje, e vende, ainda que tenha sido professora de profissão.

    fraterno abraço
    Marcos

    ResponderEliminar
  7. Um amor...! E muito bem explicadinho todo o processo de confecção. Dá vontade de fazer um, mas considero bem difícil!
    Obrigada, Teresinha!
    Abraços,
    Teresa
    teresa_0001@hotmail.com

    ResponderEliminar
  8. Que belleza y los tonos divinos.
    Te deseo un día muy pura vida.

    ResponderEliminar
  9. Boa tarde Teresinha, que lindo ficou o casaquinho para a Rita
    Está uma perfeição!
    As cores são lindas!
    Parabéns pelo seu magnifico trabalho!
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
  10. Desde o ponto, às cores , ao modelo, adorei o casquinho! Uma delícia.
    Parabéns, Teresinha!
    Tenho particular predileção pelos modelos "retro".
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Um casaquinho lindo e um post muito bem feito, com todo o pormenor, embora eu não tenha jeito nem paciência para tricotar. A minha falecida mãe bem tentou ensinar-me, ainda cheguei a fazer uma blusa de malha na minha juventude, mas para mim "matar malhas" e tudo o resto é muito complicado.:-)
    Mas aprecio imenso, a minha irmã por exemplo também é exímia na costura e no tricot...eu apenas me safo na costura.
    xx

    ResponderEliminar
  12. Teresinha,

    Fiquei imensamente contente porque entendeste o soneto, somente tu e meu pai entenderam o humor nele contido.
    Quanto ao tricô, minha avó paterna o fazia, mas minha avó materna não, ela só gostava de serviço de homem, mas teve 12 filhos.

    beijo
    Marcos

    ResponderEliminar
  13. Não vejo o dia em que a minha netinha o vai vestir. És mesmo um AMOR, Maria Teresa. MUITO OBRIGADO! Beijinhos!

    ResponderEliminar
  14. Olá amiga...relativamente às suas sugestões quanto ao chuchu...muito obrigada!
    Esta qualidade tem de ser apanhada assim...pois estão no ponto!
    Já os vi...brancos...mas talvez sejam de outra qualidade!
    Para a semana...marcamos um café e eu levo-lhe uns para experimentar!
    Eu não gosto deles tão grandes...e os meus só crescem se eu não me aperceber!
    Bj amigo

    ResponderEliminar
  15. Que belo post!...que belas fotos... e que bela partilha!
    Ando a dizer que farei um casaquinho desses, mas não chega a hora, talvez porque não há bebes pequeninos na familia.
    Beijinhos e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  16. Teresinha, o casaquinho está lindo! e o post muito bem explicado, por tudo isso parabéns. Ademiro muito essa disponibilidade e é de louvar quem o faz. Já disse isto á nossa amiga Sonia Maria, pois ela é como a teresinha, tudo muito bem explicadinho.
    Um beijinho amiga

    ResponderEliminar
  17. Agradeço as explicações, mas habilidade de mãos é coisa que não tenho de todo...

    Ah, o casaco ficou bonito

    ~Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  18. Teresinha! Um amor de casaquinho, gosto de cores diferentes para os babys! Um primor! BJOS!

    ResponderEliminar
  19. Teresinha o caso esta lindo. Graças ao seu blog tenho me iniciado na arte do tricot , para me ajudar aliviar o stress de uma vida muito agitada. Ficar ao seu nível é para mim um objetivo. A teresinha tem umas mãos de fada muitos parabéns

    ResponderEliminar
  20. Bravo Thérèse le cardignan est trèèèèèèèèèèèès beau bonne soiree bisous Marie-Claire

    ResponderEliminar
  21. Que casaquinho mais fofo! e suas explicações estão ótimas! Muito bom gosto!

    bjinhos

    ResponderEliminar
  22. Olá Teresinha muito mimoso este casaquinho as melhoras para que não tenha dores no braço esquerdo, mesmo sendo esquerdo faz muita falta eu sei porque já tive uma capsulite adesiva no esquerdo,
    beijinhos
    Aldora

    ResponderEliminar
  23. Uma doçura!
    Perdoe-me a falta... muitas vezes te visito e não comento.
    Sempre levo ensinamentos e o carinho com que faz suas postagens.

    Abraço carinhoso,

    ResponderEliminar
  24. Adorei o casquinho, ficou lindo.
    Esse seu livro deve ter pontos maravilhosos pena agora não se veem esses livros pelo menos por Lisboa.
    Obrigada pelas suas partilhas e ensinamentos.
    Beijos
    Marinela

    ResponderEliminar

Gosto muito de ler os comentários, por isso, se gostou do que viu, pode deixar a sua opinião!
Tenha um dia feliz... com muita saúde!