quinta-feira, 23 de julho de 2015

SOUFFLÉ DE ATUM

Amanhã este blog irá festejar o 7º. Aniversário e antecipo a "festa" publicando a receita com que irei participar no desafio do blog Cozinha100segredos (cuja visita aconselho pela sua excelente qualidade). Espreitem e participem! É um desfio muito interessante! 

Aqui vai a lista dos ingredientes que eu utilizei na receita de minha autoria, seguindo - obviamente - a receita básica de qualquer soufflé: manteiga, leite, gemas e claras em castelo, com tudo o que lhe queiramos adicionar. A minha versão é esta:

SOUFFLÉ DE ATUM
1 lata de atum Bom Pestico (de S. Miguel)
1 cebola pequena picada
1 dente de alho picado
2 nozes de manteiga Loreto (de S. Miguel)
1 chávena de leite Nova Açores (S. Miguel)
1 colher de sopa de farinha de trigo
½ chávena de queijo de S. Jorge (ralado)
½ chávena de queijo de S. Miguel (ralado)
1 colher de chá de calda de pimenta (S. Miguel)
1 colher de chá de açafroa (S. Miguel)
1 colher de sopa de salsa picada
4 ovos
½ pimenta da terra (trazida de S. Miguel)
1 pouco de pão ralado


A seguir, como o confecionei:
Levei ao lume a cebola e o alho num pouco do óleo do atum
com um pouco de manteiga, até a cebola ficar translúcida.
Juntei a farinha (não tinha a micaelense da Moaçor!!!)
e mexi.
Continuando a mexer juntei o leite...
... o atum esmagado com o garfo, metade do queijo,
salsa e calda de pimenta da terra. 
Ainda no lume médio misturei bem os ingredientes.
Já sem lume, adicionei as gemas, mexendo-as muito bem.
Nesta fase juntei a açafroa e deixei arrefecer o preparado. 
Misturei o creme quase frio com as claras em castelo, 
envolvi tudo e verti num refratário untado com manteiga.
Polvilhei com o resto dos queijos ralados e um pouco de pão ralado,
decorei com umas tiras de pimenta da terra
(trouxe as pimentas de S. Miguel e conservo-as em sal)
e levei ao forno a 175º, durante cerca de 30 minutos,
até ficar assim:
Aproveito para mostrar os ingredientes que utilizei na receita...
e outros, como os chás, preto e verde, da Gorreana,
que faço questão de beber todos os dias,
quer faça frio, quer faça calor!

A toalha também é de S. Miguel, 
mas foi comprada pela minha mãe, que, quando me casei,
ma deu de presente para o meu enxoval.
(Ah! As pegas ficaram na foto!... Foram feitas com restos.)
E foi assim que, ao jantar, o soufflé foi para o prato.
Como sabem, os soufflés abatem um pouco quando arrefecem,
mas este até ficou bem bonitinho... e estava...???
Não posso dizer, porque irá ser sujeito a apreciação de júri!...
UM ABRAÇO

22 comentários:

  1. Oh D. Teresinha! Eu sabia que ia preparar uma receita maravilhosa! Aliás, surpreendeu-me e superou completamente as minhas expectativas pois não contava que usasse tantos ingredientes Açorianos! Que orgulho em ser Açoriana! Adorei! Ainda ontem me questionava sobre a manteiga Loreto! Lembro-me da minha mãe comprar de vez em quando, quando eu era miúda. Depois nunca mais a vi à venda por aqui! Fico contente que ainda exista! Gosto muito de atum, consumimos frequentemente. E curiosamente nunca comi atum em souflé, portanto esta receita vai ser muito apreciada! E esta penúltima foto é um regalo para os olhos, uma mesa bem Açoriana! Muito obrigada, D. Teresinha! Adorei a sua participação! E aproveito também para felicitá-la pelo 7º Aniversário do blog! Já sabe que gosto muito! Venham mais 7! Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  2. Mulher, amei teu blog. Tem dicas incríveis de crochê para quem ama a arte assim como eu!!!
    Parabéns mesmo. Já virei até seguidora!!!
    Se puder dar uma passadinha pelo meu blog, ficarei bem feliz:
    http://manyelly.blogspot.com.br
    Bjs e sucesso!!!
    Fique com Deus!!!

    ResponderEliminar
  3. Terezinha!!! hummmmm...que delícia!! atum é tudo de bom!
    Receita fácil e completíssima.

    Parabéns pelos 7 anos de blog.
    Agradeço por tantos conteúdos interessantes compartilhados com todos.

    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Por isso é que está sumidinha,
    o 7º. aniversário do blog. preparando
    a festa para amanhã a Teresinha
    tudo aí muito bonito está ficando.

    Boa noite e bons sonhos Teresinha, um abraço.
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  5. Querida Teresinha: esta é uma verdadeira casa açoriana, com certeza. Gosto muito de atum,mas em souflé nunca experimentei. Não perde pela demora. Esta receita vou ter que fazer. Adorei o prato , muito bem apresentado, e também não pude deixar de admirar a lindíssima toalha com bordado regional ( e que suponho que foi a Teresinha que bordou).
    Muitos parabéns pelo aniversário do blog. É sempre um prazer "passear" por aqui.
    Bjs
    Márcia

    ResponderEliminar
  6. Ups: sou eu outra vez. Fiquei tão embevecida com o souflé e com a apresentação dos produtos, que não li tudo até ao fim. Já vi que a toalha foi um presente da mãe.No entanto, conhecendo os seus dotes artísticos, não me ia surpreender se a tivesse bordado.
    Bj

    ResponderEliminar
  7. Hummm que bom, adoro um souflé.
    Ficou com óptimo aspecto o teu.
    Não conhecia o teu cantinho. Volto mais vezes.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2015/07/quinze-dias-com-sarah-carey-e-uns.html

    ResponderEliminar
  8. Um maravilha Terezinha! vou fazer!
    Obrigada da sua visita.
    Beijos, tudo de bom!
    Mariangela

    ResponderEliminar
  9. OI teresinha, por aqui eu faço uma torta de atum super fácil e deliciosa, bato a massa no liquidificador e depois espalho um molho de atum por cima e coloco para assar, as crianças adoram!!! Beijoss

    ResponderEliminar
  10. Olá Teresinha
    Parabéns pelo aniversário do blog e pela boa receita que escolheu para comemorar a data .Gostei da mesa com os ingredientes açorianos que só podem ter acrescentado sabor ao soufflé ...
    Beijinho da
    maria

    ResponderEliminar
  11. Deve ser delicioso e eu que gosto bastante de atum.
    Um abraço e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  12. Uau Terezinha!! Que delícia, super aprimorado!! Obrigado pela receita!! Beijo

    ResponderEliminar
  13. Querida Teresinha, antes de tudo, muitos, muitos parabéns pelos super produtivos 7 anos de blog. Imagino que - se os sentes como eu - tenham sido só e apenas lucro! De novo, muitos parabéns e que muitos, muitos mais venham.

    Como tu própria constaste, os meus comentários refletem o feedback dos comentários que recebo - e nem poderia ser de outro modo! Tantos são que tenho que me cingir a essa referência e aí, faço questão absoluta de não deixar de retribuir. Às vezes - acontece - deixo a resposta na minha própria página por acordo implícito com os meus amigos queridos, menos produtivos que eu, e onde já comentei.

    Ocorre também que, de repente, me lembro que já não falo há muito tempo com alguém. Então, arranjo maneira de visitar esse alguém que "ainda longe da vista, não está longe do coração".

    Acrescento que, sou afortunada o suficiente para que, diariamente, alguns amigos deixem uma palavrinha aos meus posts. Muito grata, trato de retribuir a enorme e imericida gentileza.

    Assim atuo, Teresinha! Limpamente, claramente, de peito aberto, sem nada na manga.
    Às vezes, deixo apenas um beijinho, porque o tempo e as circunstâncias o exigem, mas, no meu íntimo a ligação é forte.

    Se não comentei alguns dos teus posts, acredita, não foi com nenhuma oculta ou rebuscada intenção. Foi apenas porque deles não me inteirei.

    Se tal silêncio é interpretado como desatenção, tenho muita, muita pena e sinto na boca o amargo gosto da injustiça. Oxalá não seja o caso.

    Querida Teresinha, estou aqui quase diariamente, feliz, bem disposta, pronta a interagbir com os amigos virtuais, Detestaria que a minha postura gerasse melindres e mal entendidos. Não queria mesmo. As regras do jogo são claras - nunca deixo de responder a um comentário e ocorre até que visito blogs que não me visitaram. É tão simples quanto isso.
    O resto - conjecturas, interpretações ... não domino.
    Acredita, acho, pretendo, procuro ser, na blogosfera e na vida , uma pessoa correta que não semeia quezílias.
    Oxalá me vejas assim!

    Um grande beijinho Da Nina

    ResponderEliminar
  14. Querida Nina, faço minhas as tuas palavras finais:
    "estou aqui quase diariamente ((eu só de vez em quando)), feliz, bem disposta, pronta a interagir com os amigos virtuais. Detestaria que a minha postura gerasse melindres e mal entendidos. Não queria mesmo. As regras do jogo são claras - nunca deixo de responder a um comentário e ocorre até que visito blogs que não me visitaram ((eu também!)). É tão simples quanto isso.
    O resto - conjecturas, interpretações ... não domino ((eu também não domino... só presto atenção!)).
    Acredita, acho, pretendo, procuro ser, na blogosfera e na vida , uma pessoa correta que não semeia quezílias."
    Só quero conservar as minhas boas amigas virtuais, como tu!
    Gravei o Lago do Como, ao piano, a pensar que talvez gostasses.
    Um abraço apertado com um beijo da amiga desde 2011, que muito te preza, estima... e não é quezilenta!


    ResponderEliminar
  15. Parabéns pelo aniversário do blog, amiga! Blog que por sinal gosto muito... Adoro conhecer Portugal, seus costumes e artes. Obrigada por nos brindar com tantas preciosidades! Obrigada também pela sua amizade! E o sufle, huuuummmm, me parece delicioso!!! Beijos

    ResponderEliminar
  16. Depois de tudo o que já foi dito, só me resta dizer também: parabéns, Teresinha!
    Abraços, com o maior carinho
    Teresa

    ResponderEliminar
  17. Olá Teresinha

    Que bom aspecto tem o teu sufflé. Devia estar delicioso.
    Confesso que nunca fiz sufflé, mas quero experimentar, mas não vai ser com a tua receita porque tem muita coisa que não uso, nem conheço...
    Boa sorte para o concurso. Tu nunca estás parada.
    Beijinhos
    Helena

    ResponderEliminar
  18. Começo por a felicitar pelo 7.º aniversário do blog!
    A Teresinha tem transmitido um pouco dos seus variados saberes o que é excelente para quem é "novato" nestas andanças!
    Uma guerreira...uma mulher de sete ofícios além de ser uma MULHER bem elegante!!!
    Espero poder passar por aqui por mais uns belos anos!!!
    Bj amigo

    ResponderEliminar
  19. Teresinha minha querida, eu não sou fão de sufle, talvez falta de habito em comer, sei la, mas este confesso ter me deixado assim com água na boca! vu guardar a receita e quem sabe um dia me animo bjucas e boa sorte co concurso.

    ResponderEliminar
  20. Bom dia Teresinha,
    Que receita maravilhosa!
    Há muito tempo que não faço souflé de atum e a sua receita abriu-me o apetite.
    Beijinhos
    Ailime

    ResponderEliminar
  21. Já fiz bastantes soufflés, porque gosto mesmo muito. De atum também, até porque adoro mesmo muito atum. Esta é uma receita diferente das minhas, mas que me parece deliciosa! Tenho de experimentar também.
    Beijinhos e obrigado pelo visita e comentário no blog :)
    Bjs
    Marta

    ResponderEliminar
  22. Vous nous gatez avec toutes les bonne recettes bises Marie-Claire

    ResponderEliminar

Gosto muito de ler os comentários, por isso, se gostou do que viu, pode deixar a sua opinião!
Tenha um dia feliz... com muita saúde!