terça-feira, 19 de novembro de 2013

A minha geleia de marmelo

Fica assim... mas a dos frascos está menos remexida...
mais bonita!...
Pus as cascas e os caroços dos marmelos a cozer
durante 1 hora e meia.
 Depois de cozidos, escorri, primeiro assim:
 ... mexendo com a colher, mergulhando as cascas no líquido,
 e depois passei para um coador. Fui retirando a polpa, assim,
 até ficar assim:
No final eram 3 litros de líquido, juntei 3 kgs de açúcar, 3 paus de canela,
 3 rodelas de limão sem os caroços,
 e uma pitada de sal.
Mexe-se tudo para misturar bem o açúcar, 
mas depois não é necessário voltar a mexer.
 Depois de levantar fervura baixei o lume.
 Com a concha retirei um pouco de espuma que se forma sempre,
retirei também a canela e o limão...
 ... e experimentei o ponto. Fazia estrada, mas não a desejada.
 Depois de 3 horas a ferver, a geleia reduziu o que assinalo.
Agora, sim, estava pronta e cheirosa!
 Estas coisinhas já arrefecidas são deliciosas!
 Enfrasquei com a geleia ainda quente.
 Enquanto arrefecia fui à varanda ver este lindo fim do dia.
 Isto é o que vejo da parte de trás:
 a majestosa torre da Universidade, agora branca, limpa.
Em baixo, o telhado do mercado municipal D. Pedro V.
 E aqui o resultado da tarefa que me ocupou durante boa parte 
deste lindo dia.
Mas à tarde ainda fizemos uma caminhada pelo Choupal.
Só depois é que limpei os frascos por fora, coloquei os rótulos
e os guardei no armário da despensa.
Estes são os mais vulneráveis a assaltos!...
 UM ABRAÇO

11 comentários:

  1. Teresinha, adorei a tua versão. A minha é mais pobrezinha, sem a canela e sem o limão. mas já registei. Muito obrigada.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  2. Olá Terezinha, essa receita fica muito saborosa com essa vista maravilhosa que vc tem.
    Beijos,
    http://criandoartescarla.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  3. O cheiro da geleia acabadinha de fazer é inesquecível!
    Eu fecho os frascos ainda quentes e viro-os com a tampa para baixo. No dia seguinte, já frios, estão com o vácuo como os de compra. E ao abrir, ouve o clic.
    Há tempos que não vou a Coimbra! Também vivi aí para esses lados quando estudei na faculdade e durante anos, passeei para aí quase todos os fins de semana para ir visitar a minha filha. Ela ainda aí estuda, mas é ela que vem até casa.
    Um beijinho e bom serão.

    ResponderEliminar
  4. A geleia requer muita paciência...mas vale bem a penas fazer!
    Este ano...houve poucos marmelos e não fiz!
    Tenha uma boa noite!

    ResponderEliminar
  5. Jamais gouter cette confiture bonne journee bises Marie-Claire

    ResponderEliminar
  6. Ainda há poucos dias atrás, a minha mãe fez marmelada e perguntei-lhe logo se também fez geleia, pois adoro geleia de marmelo.
    A receita é quase igual à da Teresinha, só não junta pau de canela, mas quando eu era miúda a minha mãe costumava juntar-lhe umas cascas de marmelo e eu adorava. Andava sempre à cata delas no frasco. Agora faz/fez diferente, isto é, já não introduz cascas.
    De Coimbra. Imagens estupendas!
    Com tempo, temos de agendar um encontro, que pode ser aí, mas também vou a outro lugar.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  7. Oi, Teresinha! Obrigada pa visita no "meninadacasarosa". Vim conhecer seus cantinhos. Já me apaixonei por este, agora, visitarei o outro. Beijos e volte sempre!

    ResponderEliminar
  8. Teresinha que alegria receber teu comentário, saudades imensas, tenho muito carinho por ti, você me encanta com seus recados, gostaria muito de provar essa geléia ao seu lado, eu copiei a receita, quero fazer deve servir para peras também, não? eu tenho uma árvore de peras aqui em casa que lá por março começa a dar frutos, pensei em fazer geléia como essa tua. Amiga eu não tenho visitado muito meus seguidores, escolho alguns e de tempos em tempos eu vou, pois não dou conta, mas a amizade é sincera e permanecerá sempre. Pela razão que quando venho não tenho vontade de ir embora hehe, pois me entrego nas visitas, imagina com quase 3mil seguidores fica dificil fazer isso todo dia com todos ehehe, mas fico muito feliz por você ser que nem eu, guardar no coração as amizades e não importa o tempo e a quantidade de visitas, o amor é o mesmo. Muitas bênçãos na tua vida, minha querida, um grande abraço com o calor brasileiro. beijo!

    ResponderEliminar
  9. Te-re-si-nhaaaaaaaaaaaaa!
    Que covardia sua uma vez que estamos além mar kkkkkkk
    Essa geleia... hummmmmmmmmmmm
    Adoro seus relatos ver e conhecer um pouco do seu país me atrai muito.
    Mas essa GELEIA...
    Beijoca e ótimo final de semana.
    Nilda
    http://meucantin5.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  10. Que maravilha em criança gostava tanto de geleia de marmelo que dizia ao meu pai que gostava tanto dele como de geleia de marmelo.
    Beijinho
    Aldora

    ResponderEliminar

Gosto muito de ler os comentários, por isso, se gostou do que viu, pode deixar a sua opinião!
Tenha um dia feliz... com muita saúde!