quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Meias de tricô com 5 agulhas - passo a passo


Como prometi, aqui vai o passo a passo das minhas meias.
   Ultimamente tenho visto muitas na net, de vários modelos, com diferentes calcanhares, umas começam pela biqueira, outras pelo cano, algumas com duas agulhas circulares (?), outras com costuras atrás ou no lado... enfim, uma grande gama de lindos modelos para copiar.  
     Aqui mostro a revista muito antiga por onde aprendi a fazer as primeiras meias, ainda o blogue não era imaginado... nem eu conhecia estas tecnologias! 
     Mantive-me sempre fiel a este modelo, introduzindo alterações do meu agrado e mesmo depois de ver outros modelos, escolho este como meu preferido. Já o faço de cor e com tantas meias que já tricotei, estou quase a alcançar a chamada perfeição... se é que me posso dar ao devaneio de atingi-la! Que humilde pretensão!...
      Mas vamos ao que me traz aqui: o passo a passo que me deu uma trabalheira, mas que eu faço por gosto.
     Só espero que quem publicar coisinha exatamente igual se lembre desta pobre artesã, dando-lhe os merecidos créditos!!!
Aqui vai:
 Foto 1:
Lançar 40 malhas numa agulha.
 Foto 2:
Tricotar o revesilho (elástico) ||* 1liga (que é “tricô” no Brasil!), 1meia *||  e repetir de ||* a *||.
 Foto 3:
Tricotar sempre à roda pelo lado direito, sem voltar o trabalho e tomando por referência de início de carreira a ponta do fio do começo.
 Foto 4:
Depois de 5cm de revesilho, começar a tricotar em meia, sempre à roda, até 7cm.
 Foto 5:
Tomando o fio do começo como referência de um dos lados da meia, começar o calcanhar com 22 malhas em liga, tricotando o lado direito e voltando o trabalho para tricotar essas 22 malhas do avesso, também em liga, até concluir 24 carreiras, a que eu chamo 12 nós de liga.
Nota: estas 22 malhas conseguem-se indo buscar 1 malha a cada uma das outras duas agulhas que tinham 10 malhas cada, ficando estas com 9 malhas cada e as outras duas com 11 malhas cada (ou só uma agulha com as 22 malhas: foto 5).
 Fotos 6, 7, 8:
Depois das tais 24 carreiras ou 12 nós de liga, tricotar assim, sempre em liga:
- 6 malhas, 2 malhas juntas, 6 malhas, 2 malhas juntas, voltar o trabalho e tricotar pelo avesso só estas 8 malhas do meio;
- voltar o trabalho e tricotar 2 malhas juntas, sendo 1 malha da agulha do lado direito, que tem 6 malhas, tricotar estas 2 malhas juntas, as 6 do centro e 2 malhas juntas, indo buscar 1 das 6 da agulha do lado esquerdo.
 Foto 9:
Fazer estes mates sucessivos até esgotar as 6 malhas, ficando com 8 malhas nesta parte de trás do calcanhar, malhas estas (4+4) que irão, respetivamente, para as duas agulhas com 12 malhas, como explico já a seguir.
 Foto 10:
Enfiar numa agulha os 12 nós de liga de um lado do calcanhar, puxar a agulha e tricotar essas 12 malhas em meia (a partir daqui tricotar sempre em meia e sempre à roda, sem voltar o trabalho pelo avesso). Tricotar as 9 malhas seguintes e as outras 9.
 Foto 11:
Enfiar outra agulha nos 12 nós de liga do outro lado do calcanhar, puxar a agulha e tricotar em meia essas 12 malhas. Tricotar as 9 malhas seguintes. A seguir tricotam-se 8 malhas e acavala-se a 9ª. com a 1ª. da agulha seguinte para as tricotar juntas, tricontando-se as restantes malhas até meio da parte de trás do calcanhar.
 Fotos 12 a 16:
A partir daqui repetem-se estes mates de forma a ficar no final com 40 malhas nas 4 agulhas: 9 – 9 – 11 – 11, acertando para 10 malhas em cada agulha, tendo atenção ao meio da meia!
  Foto 17:
 Nessa altura, a partir do meio de um dos lados, na direção da sola, tricotar  em meia assim:
- 1 malha, 2 malhas juntas acavaladas, 7 malhas;
- 7 malhas, 2 malhas juntas, 1 malha;
- 1 malha, 2 malhas juntas acavaladas, 7 malhas;
- 7 malhas, 2 malhas juntas, 1 malha;
Continuar este esquema substituindo o 7 por 6, depois por 5, por 4, etc., até ficar com 4 malhas em cada agulha.
 Fotos 18 e 19.
Colocar as 4+4 malhas em duas agulhas e coser com agulha como mostro a seguir.

 
Pormenores nas fotos 20 e 21.
  Fiz este post a pensar nas meninas que me querem bem, que me respeitam, que apreciam os meus trabalhos e que gostam de aprender. Todas merecem o meu apreço e muitas, mesmo sem as conhecer pessoalmente, considero minhas amigas de verdade.
É por isso que lhes ofereço, com muito carinho, as longas horas que aqui passei, na minha bela terceira idade, que vai passando a alta velocidade!
Espero que gostem do que aqui hoje publico, 
apesar da fraca qualidade de algumas fotos!
UM ABRAÇO!

25 comentários:

  1. Muito obrigada Teresinha! Vou tentar de certeza. Quero fazer umas meias pequeninas para umas meninas filhas de amigas. Bem haja pelo carinho com faz e partilha o seu trabalho. Beijinhos
    Margarida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Guida, vou publicar umas meias mais pequenas.
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Teresinha sempre com receitas boas obrigada pela sua paciência um beijinho

    ResponderEliminar
  3. Teresinha sempre com receitas boas obrigada pela sua paciência um beijinho

    ResponderEliminar
  4. Querida Teresinha, muito obrigada. Atrevo-me a sentir-me incluída nesse grupo das meninas que te querem bem e contigo aprendem. Obrigada, novamente.
    A explicação é clarissima exigindo apenas persistência de modo aque cada meia seja mais perfeita que a anterior. Estou muito entusiasmada e muito agradecida.
    Muitos beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acertaste, querida amiga!
      Também já aprendi contigo!
      E tens razão: depois de uma dúzia de meias estou no bom caminho para a perfeição... mas ainda não cheguei lá!
      Muitos beijinhos também para ti.

      Eliminar
  5. Querida Teresinha: tudo tão bem explicadinho que até dá vontade de ir a correr experimentar. Vou guardar a receita para quando acabar uns trabalhos que tenho entre mãos.Obrigada pela tua generosidade e paciência .
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  6. Um tutorial muito bem feito, Teresinha! Obrigada!
    Eu aprendi a fazer meias com a minha mãe, à moda de antigamente, as que as minhas avós, tias, bisavós... faziam e gosto muito! Depois, por curiosidade aprendi a fazer outros modelos, que encontrei na net e assim vou variando, sendo que meias são as peças que mais gosto de tricotar, adoro!
    Beijinho, querida, estou muito feliz com esta partilha e com a tua paciência. Sei bem o trabalho que isto dá. :)

    ResponderEliminar
  7. Obrigado Teresinha por partilhar os seus conhecimentos connosco.
    Cumprimentos, Alda Baptista

    ResponderEliminar
  8. Obrigada pelas explicações, gosto muito de Coimbra, já comprei muitas Lãs aí.

    ResponderEliminar
  9. Obrigada pela sua explicação. Está muito bem feita e dá vontade de começar a tricotar. Bem haja.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos lá a começar!
      Verá como é fácil!
      Depois gostaria de ver o resultado.
      Beijinho

      Eliminar
  10. Olá Teresinha, a maneira que mostra é muito indêntica á maneira que eu tricoto as minhas meias. Obrigada pela partilha, pois é bem mais trabalhoso a explicação do que própriamente tricotar a meia. Beijinhos e bons tricôs

    ResponderEliminar
  11. Bom dia Dª Teresinha,
    Gosto muito de tricotar, mas nunca me aventurei- ainda - a fazer meias. Com esta sua lição sou muito bem capaz, de em breve, tentar fazer um belo par de meias em lã, quentinho como convém.
    Obrigada e bem haja!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Aldina! Fico a aguardar que nos mostre as suas meias de tricô. São realmente muito confortáveis e agora sabem bem com as pantufas!
      Toca a tricotar!
      Beijinho

      Eliminar
  12. Teresinha eu não vou lá assim e apesar do tutorial estar perfeito ... tenho dificuldade em seguir os passos mas obrigada pela partilha!!!
    Bj amigo e quando vierem dias melhores ... eu ligo-lhe!

    Passando para desejar um fim de semana bem AGRADÁVEL!!!

    Se quiser passear por Gondramaz … uma aldeia de xisto:
    https://crocheteandomomentos.blogspot.pt/2018/01/gondramaz.html

    Se quer uma omolete saudável … veja a receita:
    https://ospetiscosdagracinha.blogspot.pt/2018/01/omolete-de-claras.html

    Aqui encontra recantos com que todos sonhamos:
    https://asarteiricesdagracinha.blogspot.pt/2018/01/recantos-de-leitura.html

    E para todos os que apreciam “poesia” … o meu “poetar”:
    https://mgpl1957.blogspot.pt/2018/01/desta-janela.html

    ResponderEliminar
  13. Oi Teresinha!
    Obrigada por compartilhar este tesouro.
    Parabéns pelo empenho, seu pap ficou muito bom.
    Bjus e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  14. Boa tarde Teresinha, ficaram perfeitas as meias, obrigada pela explicação! BJOS!

    ResponderEliminar
  15. Muito bem explicado mesmo mas confesso que não me aventuro, iria me perder pelo caminho. Só mesmo as suas mãos para fazer algo assim :)
    Beijinhos.
    Carla
    Blog Guloso qb ... Carla Ramalho

    ResponderEliminar
  16. Terezinha, minha linda, que passo a passo mais explicadinho! Mas deixou para quem entender, pelo menos como montar os pontos na agulha. Sou uma negação para tricô. Fiz um colete há muitos anos atrás, com orientações de uma colega de trabalho. Depois daquele, só fiz cachecóis, pois não sei aumentar e nem diminuir. Uma arte que eu adoraria dominar, mesmo que fosse um básico. Obrigada pelo comentário lá no blog. Beijos

    ResponderEliminar
  17. Querida Teresinha, desejo-te uma feliz estadia cá pelo norte, embora o frio seja cortante.
    O bolo, acredita, é mesmo muito bom, é delicioso.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  18. Muito legal,sei o básico do tricô e nunca me aventurei em fazer meias, aqui é sempre muito calor,só faço crochê na maioria das vezes,bjs!Boa semana!

    ResponderEliminar
  19. Querida Teresinha, agora fiquei curiosa - quero ver as meias novas.
    Ainda não me aventurei, embora não me falte informação, especialmente este post que tão bem elaboraste. Ando com uma camisola nas mãos, daquelas que crescem sem quase precisar olhar.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Olá Teresinha. Muito bem explicado, tenho a certeza que vai haver muito mais meninas a tricotar meias este inverno. São tão quentinhas. As minhas têm calcanhar em diagonal, mas ainda não tive tempo para fazer o passo a passo. Beijinhos e boa semana

    ResponderEliminar

Gosto muito de ler os comentários, por isso, se gostou do que viu, pode deixar a sua opinião!
Tenha um dia feliz... com muita saúde!